Professores de Lagarto têm trabalhos destacados no II Congresso Internacional de Educação

Professores de Lagarto têm trabalhos destacados no II Congresso Internacional de Educação Destaque

Durante os meses de outubro de 2017 a março de 2018, a Secretaria Municipal de Educação viabilizou a participação de 54 professores na formação da Escola da Terra, ofertada pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) Campus de Itabaiana. Essa formação foi promovida pelo Ministério da Educação (MEC) em parceria com a UFS/SE.

b4c73743 a8d9 4ce2 8951 24f09a79146b

Foram meses de muito comprometimento em prol de melhorar o desempenho acadêmico do aluno campesino, na perspectiva de aprendizagem significativa. É importante deixar claro e agradecer aos agentes comunitários de saúde locais, os quais se somaram para fazer um mapeamento e diagnóstico socioeconômico dos alunos e famílias a fim de que se pudesse desenvolver uma metodologia que fosse além dos muros da escola.

Para que o objetivo da formação pudesse ser alcançado foram elaborados a partir dos diagnósticos, projetos de intervenção junto às respectivas comunidades mediante as particularidades e necessidades.
Com o propósito de disseminar e culminar as ações difundidas, o Programa Escola da Terra juntamente com a UFS articularam ações entre pesquisa e extensão mediante uma política transversal com enfoque na gestão ética responsável por incrementar o rendimento acadêmico e a criação do valor social.

12061851 9cef 496b a32f 827f90f29f31

Nesse contexto 18 TRABALHOS DOS PROFESSORES DE LAGARTO FORAM ESCOLHIDOS PARA PUBLICAÇÃO e participação em Grupos de Trabalhos (GTs) entre os dias 01 a 03 de março de 2018 na Universidade Federal de Sergipe - Campus Prof. Alberto Carvalho em Itabaiana/SE do:

 

III Congresso Internacional de Educação
VII Encontro Nacional de Educação do Campo e Movimentos Sociais: Escola da Terra
VII Fórum de Identidades e Alteridades
III Congresso Educação e Diversidade
III Colóquio de Estudos Territoriais

 

Para a professora Marie Jolly, uma das tutoras da Escola da Terra, graças aos resultados alcançados pelos professores, agora podemos dizer que estamos ultrapassando as fronteiras de fato. Lagarto desponta para o cenário acadêmico mundial com a proposta de explorar as potencialidades da Escola do Campo. 

 

Essa ação aconteceu em primeira instância graças ao empenho da SEMED, na pessoa da Secretária Municipal de Educação Maria Vanda Monteiro junto ao Coordenador do Programa o professor Edmundo de Araújo Lisboa, que buscaram inscrever o máximo de professores possíveis, tendo em vistas 75% das escolas estarem situadas na zona rural.

 b3acf151 41a7 408e b704 78b71050572c

Com um orgulho estampado no rosto e no coração a secretária afirmou que nos próximos módulos pretende estender a formação a mais professores da rede municipal de educação.

Ler 274 vezes Modificado em Quarta, 07 Março 2018 12:21