Ultimas Noticias
Conselho de Segurança Alimentar explana acerca da produção orgânica de hortaliças e verduras

Conselho de Segurança Alimentar explana acerca da produção orgânica de hortaliças e verduras Destaque

Com o objetivo de explanar da importância de investimentos na plantação e incentivo à comercialização da Produção Orgânica no Cultivo de Hortaliças e Verduras, o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Social, realizou nesta terça-feira, 24, no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, um importante evento com produtores rurais, nutricionistas, representantes do Poder Público e de instituições financeiras.

IMG 5326

A primeira palestra foi proferida pelo técnico agrícola da Cohidro, no Perímetro Irrigado Piauí em Lagarto, Marcos Emílio. Em sua palestra, o especialista informou que em nossa cidade possui um grupo de agricultores familiares que há mais de 13 anos dedica à Produção Orgânica no Cultivo de Hortaliças. “Estes agricultores estão cadastrados no Ministério da Agricultura e legalmente habilitados a comercializar seus produtos”, disse.

IMG 5328

Os produtos orgânicos produzidos no Perímetro de Lagarto são: abobrinha, acelga, agrião, alface, cebolinha, coentro, couve, couve-flor, berinjela, brócolis, espinafre, pepino, pimentão, quiabo, repolho, rúcula, salsa, tomate, tomate cereja, acerola, banana, batata doce, cana, macaxeira, maracujá, milho e tapioca. São comercializados em nossa cidade em frente ao Banese (às segundas-feiras), Ladeira do Rosário (às quartas-feiras) e na Feira da Agricultura Familiar – Praça Filomeno Hora (aos sábados).

IMG 5338

A segunda palestra foi ministrada pela nutricionista da Secretaria Municipal de Educação, Drielli de Oliveira Santos, sobre a importância dos produtos orgânicos para a saúde, falando que diante da realidade atual da produção de alimentos, onde é imensa a contaminação por produtos químicos e pesticidas entre outros; os alimentos orgânicos figuram como uma excelente alternativa para uma alimentação mais saudável. Sendo a base futura de uma produção familiar mais racional de alimentos, pois busca a exploração de sistemas agrícolas diversificados e se enquadra no conceito de qualidade de vida, prevenindo doenças.

Gerentes do Banco do Brasil e do Banco do Nordeste, também usaram a palavra e falaram das linhas de créditos oferecidos aos agricultores familiares, através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), dividido em grupos de acordo com a renda bruta anual obtida pela Unidade Familiar.

IMG 5334c

Ler 141 vezes Modificado em Terça, 24 Outubro 2017 15:12